Censura em Dobro: Bolsonaro e Musk sob Ataque das Mesmas Forças

Censura em Dobro: Bolsonaro e Musk sob Ataque das Mesmas Forças

Temos visto um 'Déjà vu' preocupante envolvendo figuras como Jair Bolsonaro e Elon Musk, ambos alvos das mesmas pessoas, instituições e imprensa. Parece que estamos revivendo os eventos de 2022, mas com atores diferentes.

Sob o pretexto de proteger a democracia e o estado de direito, vemos uma repetição de violações dos direitos individuais, como a liberdade de expressão, o devido processo legal e o contraditório. Mandatos políticos legítimos são cassados, parlamentares são presos em pleno exercício de seus mandatos e vozes são silenciadas nas redes sociais simplesmente por apoiarem Jair Bolsonaro.

Não é necessário mencionar nomes específicos, basta observar quem estava contra Bolsonaro em 2022 e quem está contra Elon Musk em 2024. São os mesmos atores, com as mesmas desculpas e as mesmas acusações infundadas.

Alguns podem ter acreditado que a 'autorização' para a censura terminaria em dezembro de 2022. No entanto, surge agora um novo dado interessante: a imprensa internacional está acompanhando e reportando o que realmente está acontecendo no Brasil. E mais importante, estão fazendo isso com imparcialidade, baseados em fatos e sem adjetivações tendenciosas como 'fascista', 'extrema-direita', 'nazista', entre outras.

Felizmente, a imprensa internacional não pode ser silenciada por quem quer que seja em solo brasileiro. Que este 'Déjà vu' mostre ao mundo o verdadeiro Brasil, sem distorções ou manipulações.

Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4