Crise na Petrobras: Lula à Procura de Respostas, o Brasil à Procura de Soluções

Crise na Petrobras: Lula à Procura de Respostas, o Brasil à Procura de Soluções
A Folha de S.Paulo emitiu duras críticas ao governo, apontando a "desorganização administrativa e política" da gestão Lula (PT) diante do "conflito escandaloso" entre o governo e a presidência da Petrobras. Em editorial publicado nesta quinta-feira (4), o jornal destacou que as disputas geradas pelo desejo do presidente e seus aliados de intervir nas diretrizes da empresa estão se tornando cada vez mais "vexatórias e contraproducentes".

O jornal ressaltou que os embates estão minando o crédito da estatal e gerando mais suspeitas sobre a racionalidade econômica das decisões de Luiz Inácio Lula da Silva e sua equipe.

No texto, a Folha apontou que o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, reiterou sua posição de não abrir mão da autoridade, contando com o apoio do presidente. Além disso, desconsiderou as capacidades do presidente da Petrobras, levando-o a solicitar uma reunião com o chefe do Executivo.

Desde o ano passado, Lula tem exercido pressão por intervenções nos preços dos combustíveis e na distribuição de lucros para os acionistas, buscando maior investimento da companhia em refinarias ou na indústria naval. Esta pressão conta com o apoio de Silveira e Costa, e recentemente, Haddad também se juntou às discussões, buscando racionalizar o debate. No entanto, o jornal ressaltou que não há um plano claro do governo para compensar eventuais perdas na empresa mista.

O editorial da Folha ainda relembrou políticas de mandatos petistas anteriores, que resultaram em consequências desastrosas, destacando a falta de um plano concreto do atual governo para evitar tais desfechos.
Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4