Lula Afirma Limitações do Governo na Distribuição de Doações

Lula Afirma Limitações do Governo na Distribuição de Doações
Durante uma reunião ministerial emergencial na última segunda-feira (13), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) destacou as limitações do governo na gestão das doações destinadas às áreas afetadas, especialmente durante crises como a enfrentada pelo Rio Grande do Sul. Lula ressaltou a complexidade do processo de reconhecimento, seleção e distribuição dos donativos, explicando que a demanda por uma resposta imediata excede a capacidade estrutural do governo.

"Não temos estrutura para arrecadar tudo instantaneamente quando as pessoas solicitam. Isso é algo internacional, é algo que cada estado, cada entidade que reúne doações, pensa que temos a capacidade de recolher e distribuir no mesmo instante, no mesmo dia, mas tudo isso requer uma infraestrutura (...). Tudo isso demanda um tempo considerável e muita mão de obra", enfatizou o presidente.

Além disso, Lula sugeriu que a enchente no território gaúcho não pode ser atribuída apenas às chuvas, mas também à negligência no cuidado das comportas, que, segundo ele, foram deixadas sem manutenção por um longo período.

"Esse fenômeno que ocorreu não parece ter sido apenas resultado das chuvas. Parece que houve também uma negligência no cuidado das comportas que deveriam ter sido mantidas ao longo do tempo", observou.
Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4