Lula Propaga Informação Falsa sobre Mortes em Gaza

Lula Propaga Informação Falsa sobre Mortes em Gaza
Durante sua participação na 12ª Conferência Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, em Brasília, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) compartilhou uma informação imprecisa sobre o número de crianças que perderam a vida na Faixa de Gaza.

Lula mencionou que 12,3 milhões de crianças foram vítimas de bombardeios israelenses na região. No entanto, os dados populacionais mostram que o total de habitantes na Faixa de Gaza é de aproximadamente 2,2 milhões de pessoas.

Em seu discurso, Lula ressaltou a importância de se indignar diante das tragédias humanitárias, mas é importante observar que sua referência aos números parece ter sido equivocada.

As estatísticas oficiais do Ministério da Saúde da Palestina, divulgadas pelo Hamas, indicam que cerca de 32 mil palestinos perderam a vida durante o conflito, que já dura mais de 180 dias. O confronto teve início após um atentado do grupo terrorista contra Israel em outubro de 2023, resultando em 1.200 mortes e centenas de reféns.



A declaração de Lula suscitou críticas e levantou debates sobre a importância da precisão dos dados em discursos públicos, especialmente em questões sensíveis e geopoliticamente complexas como o conflito entre Israel e Palestina.
Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4