Mendes Contra Macron: "O que é Ruim para Macron é Bom para o Brasil" Dispara Governador

Mendes Contra Macron: "O que é Ruim para Macron é Bom para o Brasil" Dispara Governador
O governador Mauro Mendes (União) não poupou críticas à interferência do presidente da França, Emmanuel Macron, em assuntos cruciais para o agronegócio brasileiro, especialmente no que diz respeito à construção da Ferrogrão entre Mato Grosso e o Pará.

Em uma conversa franca com jornalistas nesta quarta-feira (3), Mendes desafiou Macron a apresentar argumentos técnicos que comprovem a inviabilidade e insustentabilidade da ferrovia.

De acordo com o governador, o governo francês está agindo com interesses econômicos, tentando obstruir o progresso do agronegócio brasileiro para proteger o mercado dos agricultores franceses. Ele destacou que, apesar de possuírem uma área semelhante à de Mato Grosso, França e Alemanha possuem uma malha ferroviária muito mais extensa.

"Vamos ser francos aqui. França e Alemanha, juntas, possuem a mesma extensão territorial que o estado de Mato Grosso, com 900 mil quilômetros quadrados. No entanto, possuem 70 mil quilômetros de ferrovias. Enquanto isso, em Mato Grosso, com dimensões comparáveis às desses países europeus, temos pouco mais de 200 quilômetros de ferrovia e buscamos expandir essa malha em mais mil quilômetros até os portos de Miritituba", argumentou Mendes.

Ele concluiu sua fala com uma provocação direta a Macron: "Se é ruim para o Macron, pode ter certeza que é bom para o Brasil e para o agronegócio brasileiro".

Assista Ao Vídeo:


Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4