Tumulto após Postagem Polêmica do MTST: Boulos se Pronuncia e Publicação é Deletada

Tumulto após Postagem Polêmica do MTST: Boulos se Pronuncia e Publicação é Deletada
A postagem controversa do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST) nas redes sociais durante a sexta-feira santa não passou despercebida.

O grupo gerou grande revolta ao atacar de forma extremamente desrespeitosa a comunidade cristã de São Paulo, compartilhando uma imagem de Jesus crucificado acompanhada da frase "bandido bom é bandido morto".

Guilherme Boulos, inicialmente, defendeu os extremistas e criticou o prefeito Ricardo Nunes por sua postura crítica em relação ao MTST. No entanto, diante do prejuízo político evidente, o deputado federal também optou por condenar a publicação.

Logo em seguida, provavelmente influenciado por Boulos, o MTST removeu o conteúdo ofensivo e desrespeitoso.

Embora a vergonhosa postagem tenha sido excluída, a blasfêmia cometida não será facilmente esquecida. O registro permanece e a população, certamente, dará sua resposta nas urnas.



Com este episódio, Boulos enfrenta um revés em sua trajetória política, tornando-se menos provável sua chegada ao segundo turno nas eleições. Aguardemos os desdobramentos.
Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4