Malafaia Critica Atuação de Moraes e Alerta para Risco à Democracia

Malafaia Critica Atuação de Moraes e Alerta para Risco à Democracia
Durante o seu discurso na mega manifestação em defesa do estado de direito, o pastor Silas Malafaia abordou a questão da ameaça ao estado de direito no Brasil, destacando uma cronologia dos eventos que, segundo ele, minaram a democracia no país através da atuação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), combinada com a inércia de muitos.

Malafaia ressaltou:

“Desde a promulgação da Constituição, em 1988, até março de 2019, o Brasil vivenciou uma democracia plena. Não havia problemas em manifestar 'fora Lula', 'fora Temer', 'fora Bolsonaro', 'abaixo o STF', 'abaixo o Congresso Nacional'."

Ele citou declarações do Partido dos Trabalhadores (PT) e de petistas que, apesar de criticarem abertamente ministros do STF, não sofreram consequências. O pastor também destacou que os próprios ministros do STF atribuíram crimes a Lula, mas agora perseguem aqueles que fazem as mesmas acusações.

Malafaia continuou:

“A partir de março de 2019, Alexandre de Moraes assume o inquérito imoral e ilegal das fake news. Por que imoral e ilegal? Porque ele é vítima, delegado, procurador, investigador e juiz. Uma aberração jurídica”.

Ele explicou que o inquérito é ilegal por não envolver o Ministério Público.

O pastor afirmou:

“A partir de 2019, Alexandre de Moraes introduz o crime de opinião. Na democracia, ninguém deve temer expressar sua opinião. Na ditadura, eles não temem silenciar o povo. Na democracia, a opinião é livre; na ditadura, a opinião é crime. E o que Alexandre de Moraes fez? Cerceou redes sociais do povo, censurou deputados. Fez uma lambança”.

Ele citou exemplos de perseguidos políticos, como Oswaldo Eustáquio, Daniel Silveira, Allan dos Santos e os humoristas do canal Hipócritas, que são acusados de crime de opinião. O pastor também questionou o caso do Telegram, punido por expressar uma opinião contrária à vontade de Moraes, perguntando:

“Alexandre de Moraes, quem te deu autoridade para censurar a democracia? Quem você pensa que é para dizer ao povo brasileiro o que pode ou não pode ser dito?”.

Malafaia citou uma série de dispositivos legais violados nos inquéritos políticos conduzidos por Moraes, afirmando:

“Alexandre de Moraes é uma ameaça à democracia, e eu vou comprovar isso com as leis”. Ele concluiu: “Eu não estou aqui para atacar o STF. Mas pergunto à maioria dos ministros do STF - vocês não podem se calar - Alexandre de Moraes está arrastando o STF para a lixeira da moralidade”.

Por fim, ele fez uma declaração séria sobre o ministro:

"Moraes é uma ameaça para a democracia".

Veja:

Voltar para o blog

Deixe um comentário

1 de 4